benassi-marca-dagua

Municipalidade ingressa hoje com ação civil pública contra a Mineradora

Municipalidade ingressa com ação civil pública contra a Mineradora.



De acordo com o advogado Rodrigo Guersoni, a Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos ingressa até o final da tarde de hoje (sexta-feira, 15) com a ação civil pública contra as atividades da Mineradora São Joaquim Ltda que extrai areia de forma irregular de uma Área de Proteção Ambiental (APA) em Joaquim Egídio.
Anexado à Ação está o manifesto promovido pelo vereador Benassi (PCdoB) que colheu inúmeras assinaturas de moradores de Joaquim Egídio e região.
No texto, a população pede providências ao Secretário Estadual do Meio Ambiente: “Nós, abaixo-assinados, reivindicamos que o Secretário Estadual do Meio Ambiente use de suas prerrogativas estabelecidas no Decreto Estadual nº 8.468 e faça finalmente ser interditada a Mineradora São Joaquim Ltda, que explora ilegalmente areia em APA (Área de Proteção Ambiental) no Distrito de Joaquim Egídio. Não aceitamos o contínuo desrespeito à Lei e degradação de nossos mananciais hídricos.”
Guersoni acredita que na segunda-feira (18) já terá uma decisão do juiz. Para Benassi as ações conjuntas: população, Prefeitura, Legislativo, proprietários da área, Cetesb e diversas ONGs e Conselhos ajudaram a agilizar e caminhar para uma solução concreta deste problema.
A Mineradora movimenta semanalmente cerca de 200 caminhões de areia que são transportados através de uma estrada ilegal aberta numa área particular pela própria Mineradora na Área de Proteção Ambiental.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa

benassi-marca-dagua

Lei do Benassi acaba com o problema de ‘rua fantasma’

Lei do Benassi acaba com o problema de ‘rua fantasma’


Sancionada pelo prefeito municipal e publicada no Diário Oficial em 6 de outubro de 2006 a Lei nº 12.650 de autoria do vereador Sérgio Benassi (PCdoB) regulamenta e autoriza a identificação provisória dos logradouros públicos e beneficia mais de 30 mil famílias.
A proposta do Benassi é garantir que milhares de famílias tenham acesso aos serviços públicos agilizando os processo de cidadania. “Pelos procedimentos ‘normais’ as famílias teriam que aguardar a conclusão do processo de título de posse para depois as ruas serem denominadas”, explica Benassi, no caso de áreas em parcelamentos clandestinas, irregulares e de ocupações em processo de regularização.
Com a aprovação desta lei e a identificação das ruas, as famílias poderão receber correspondências, fazer crediário, ter um comprovante de endereço e facilita a entrega de correspondências em geral – como correspondências da CPFL e Sanasa. “Esta Lei leva cidadania aos milhares de moradores dessas áreas”, afirma Benassi.
De acordo a assessoria de imprensa da Cohab-Campinas, com a Lei do vereador Benassi, serão beneficiadas 249 áreas entre núcleos, favelas e ocupações e 86 loteamentos, totalizando 335 áreas.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa


 

benassi-marca-dagua

Festa Brasileira é sucesso absoluto

Festa Brasileira é sucesso absoluto


 


O primeiro final de semana da 5ª Festa Brasileira (dias 6, 7 8 e 9 de setembro) da Vila Padre Anchieta – Distrito de Nova Aparecida foi um sucesso absoluto de público – com média de 5 mil pessoas por noite e de diversidades da culinária brasileira.
E a Festa Brasileira continua nos dias 14, 15, 16, 21 22 e 23 com inicio às 19 horas e  entrada franca.


Acompanhe as próximas atrações:


Sexta-feira (14)
19h30 – Grupo Folclórico Voz do Oriente (Folia de Reis)
20 horas – Grupo Savuru, dançando as Raízes Afro-Brasileira.
21horas – Expresso 4.11.
22h30 – Cia de Dança Tekdance


Sábado (15)
19 horas – Grupo de Pagode Deixa Rolar
20 horas – As Caixeiras
20h30 –  Grupo Ojuoba – Dança Tribal  e Contemporâneo
21horas – Arte Axé Cia. de Dança
21h30 Grupo Fusão Norte
22 horas – Banda Gangster


Domingo (16)
18 às 21horas – Caravana Laércio Cesário Show
21horas – Oficina de Dança um Corpo Só
21h30 – Coral Cênico Resp. Tom Riscarolli
21h45 – Grupo Expressão da Dança
22 horas – Hip hop Zulu Break
22h20 – Trio Primavera ( da Vila Padre Anchieta)
22h30 – Show com Bruno e Camila.


Sexta-feira (21)
19 horas – Grupo de Dança Folclórico Parapokos
19h40  – Grupo Criatividade de Vida
20 horas – Grupo Face da Morte
20h50 – Cia. de Dança Amarildo Américo
11h10 – Grupo Entidade Negra
21h30 – Bateria Pública
22 horas – Atitude Real de Expressão.


Sábado (22)
19 horas – Banda Estado Terminal
19h40 –  Banda The Eaters
20h20  – Batucada Dez Vinte
21 horas – Roda de Samba Leões da Vila
22 horas – Banda Comtexto


Domingo (23)
18h30 – Grupo Raízes do Brasil
19h30 – Opção do Pagode
20 horas – Roda de Samba Leões da Vila
21 horas – GRES. Leões da Vila Padre Anchieta
22 horas – Encerramento da Festa


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa



benassi-marca-dagua

Festa Brasileira. A festa do povo

Festa Brasileira. A festa do povo


A 5ª edição da Festa Brasileira acontecerá no período de 6 a 23 de setembro, ao lado do Posto de Saúde na vila Padre Anchieta (avenida João Paulo II), das 18 às 22 horas.
Com entrada gratuita, o tradicional evento contará com apresentações circenses, danças regionais brasileiras, shows musicais, forró, samba, mpb, rock e outros gêneros. 
Outros atrativos da Festa Brasileira serão as barracas com diversificados pratos brasileiros, como a tapioca, arroz carreteiro, churrasco, acarajé e outras delícias!
As barracas serão administradas por representantes de entidades filantrópicas que, com as vendas, estarão angariando fundos para a continuidade de seus trabalhos assistenciais.
No recinto também será instalado um parque de diversões.
Uma festa para toda a família, com infra-estrutura de segurança, qualidade nos serviços e a oportunidade única para saborear todas as delícias e gostosuras da culinária do nosso país!
Ser brasileiro é ter orgulho da nossa cultura, da nossa culinária e dos nossos costumes. Ser brasileiro é ser hospitaleiro e caloroso. Ser brasileiro é participar das nossas festas populares e tradicionais com muita alegria!
É com este orgulho, de ser brasileiro, que o vereador Sérgio Benassi criou a Lei  Municipal: 11.790/2003 que cria a Festa Brasileira no calendário oficial das festividades de Campinas.
Você e sua Família são nossos convidados para esta FESTA!



Abertura nesta quinta-feira (6 de setembro):
18 horas: Daniel e Cristina
21 horas: Vilma Mares ( estilo Clara Nunes)


Na sexta-feira (7):
19horas: Lona das artes
19h40: Viviane
20 horas: Grupo de Dança Parafolclórico  (Pirassununga-SP)
20h45: Rebeldes Cover.


No sábado (8)
19 horas: Resgatando o circo
                Ballet de rua
                Kiko dança de rua
21horas:  Banda 5ª Estação



No domingo (9)
19 horas:  Trupe do circo
19h30:  Vilma, Laira e Layra
20h30: Ilcei Miriam


R.Benini – Assessoria de Imprensa

benassi-marca-dagua

Polêmica contra Pit Bull

Polêmica contra Pit Bull



“Isso é um problema de saúde pública”. Esta foi a afirmação do vereador Sérgio Benassi durante a reunião da Comissão Especial de Estudos sobre a saúde na Câmara Municipal.
O tema da reunião tratou dos inúmeros e freqüentes ataques que os cachorros da raça Pit Bull tem investido contra a população.
Para Benassi é importante a população valorizar os esforços feitos pela administração pública e Câmara Municipal para enfrentar a questão. “Há um problema derivado de uma irracional relação: um produto criado pelo próprio Homem e a sociedade em que ele vive”.
Os principais pontos destacados pelo vereador foram: 
– “Há um problema de segurança das pessoas perante um animal que tem características genéticas para a ‘rinha’ (briga entre animais) e não para ambiente doméstico”.
– “Torna-se um problema de saúde pública se o animal for gerado sem a devida criação – problemas como a raiva”.
– “Gera problemas sobre o direito da vida dos animais domésticos e a necessidade de se criar normas para a criação, reprodução, recolhimento, ressociabilização e controle de zoonose”.
– “Cabe ao Homem decidir o que fazer com o animal e não o contrário, o animal não tem condições de arbítrio para decidir o que fazer: Muitos que tentam domesticar esses cães (Pit Bull), com o tempo percebem que não dão conta, e a ignorância abre a porta e deixa o cão sair para a rua”.
Durante a reunião o tenente Fábio Pedron, representante do II Grupamento de Bombeiros, revelou que em 2006, 1.232 ocorrências foram atendidas por haverem animais oferecendo risco para a população. “Atendemos somente casos de ataques de cães com vítimas e cães agressivos soltos nas ruas”, ressaltou.
Uma das soluções debatidas é a castração dos cães da raça Pit Bull no município. O coordenador do Centro de Zoonoses (CCZ), Antonio Carlos Coelho Figueiredo, explicou que “o excesso de animais que possuem como característica ‘serem mordedores viciosos’ estão prejudicando o espaço dedicado para observação clínica, pois no espaço que poderiam ficar vários animais, fica apenas um Pit Bull”.
O secretário de Assuntos Jurídicos, Carlos Henrique Pinto, comentou que, “os animais que são mordedores devem ser eutanasiados, como rege a lei, pois oferecem risco à saúde e segurança pública, e são irreversíveis ao convívio social”.
 Para as próximas reuniões sobre o assunto serão convidados o Ministério Público e a Secretaria de Meio Ambiente.


R.B. – Assessoria de Imprensa / Rafaela Melo – Imprensa Câmara

benassi-marca-dagua

Projeto deverá ser retirado da pauta

Projeto deverá ser retirado da pauta


 


O vereador Sérgio Benassi (PCdoB) deverá retirar da pauta de votação da sessão de hoje (3) na Câmara Municipal o seu projeto de Lei 129/07 que cria o Sistema de Reuso de água de chuva no município.
De acordo com Benassi a intenção é que antes que aconteça a votação o assunto seja debatido democraticamente com a sociedade.
“Antes de colocarmos o projeto em votação queremos organizar um debate público, para expor nosso projeto e ouvir mais sugestões da população”, diz Benassi.
 O projeto trata da reutilização da água de chuva em condomínio, clubes, entidades, conjuntos habitacionais e demais imóveis residenciais, industriais e comerciais em casos que não necessitem o uso de água potável como para o uso em atividades como a irrigação de jardins, descarga de vasos sanitários, lavagens de veículos, lavagem de calçadas entre outras.
“Através desta propositura estamos proporcionando ao município o início para a mudança de comportamento e hábitos visando reverter o processo de perda dos recursos naturais”, justifica Benassi.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa


 

benassi-marca-dagua

Vereador lança novo site

Vereador lança novo site



Ainda em fase de teste, o novo site do vereador Sérgio Benassi (PCdoB) já pode ser acessado no endereço www.sergiobenassi.com.br. O objetivo do vereador é que seu site seja instrumento de utilidade pública, prestação de serviços e fonte de informações para diversos assuntos.
“Queremos implantar um mecanismo para auxiliar a população, informar de forma clara e atender as expectativas dos cidadãos sobre os trabalhos de um vereador na Câmara Municipal”, afirma Benassi.
A partir do site do Benassi é possível acessar outros links como governos federais, estaduais e municipais, entidades filantrópicas e outros de prestação de serviços como: Procon, Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves (AFAG), Unicef  entre outros.
O usuário do site poderá conhecer os projetos de lei propostos pelo vereador e as leis elaboradas e aprovadas, ouvir e ver as principais entrevistas, acompanhar as principais ações e eventos, conhecer as opiniões através dos artigos e as noticias em geral.
Outra importante informação que o site traz é o perfil do Benassi, que conta um pouco da sua trajetória política em diferentes ações.
Além de tudo isso o cidadão tem um canal aberto direto com o vereador, podendo através deste link reivindicar, elogiar e manifestar suas opiniões. A assessoria do vereador garante que todas as mensagens serão encaminhadas ao vereador e respondidas ao cidadão no endereço indicado pelo mesmo.
O novo site do Benassi tem como principal objetivo inovar a comunicação entre políticos e população, dinamizar as informações e auxiliar a população em suas dúvidas e reivindicações.
Acesse todos os dias, a partir de hoje (29):
www.sergiobenassi.com.br.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa

benassi-marca-dagua

Número de vagas para estagiários na Prefeitura deverá aumentar

Número de vagas para estagiários na Prefeitura deverá aumentar


 


Atualmente 335 estudantes, sendo que 321 universitários e 14 técnicos são beneficiados com o Programa de Incentivo ao Estádio Remunerado na Administração Municipal. E segundo o vereador-líder de Governo Sérgio Benassi (PCdoB) este número deverá aumentar.
“Ontem (29) aprovamos a lei que aumenta o prazo de duração do estágio remunerado e a perspectiva é aumentarmos também o número de vagas para estagiários universitários e técnicos dentro da administração pública”, afirma Benassi.
Esta novidade interessa a todos os estudantes que aguardam por uma oportunidade dentro da administração municipal, que através de processo seletivo ingressam nas secretarias municipais, dinamizam as ações da administração e trazem novas idéias.
Cada estudante universitário recebe 400 reais mensais e seguro de vida, o transporte é opcional e os estagiários técnicos recebem 380 reais e os mesmos benefícios. Exceto a Ouvidoria e secretaria municipal de Cooperação Internacional, todas as outras secretarias recebem estagiários em seus serviços.
Com a aprovação na sessão de ontem (29) da Câmara Municipal, em 2ª votação, do Projeto de lei 597/07 apresentado pelo Benassi que altera a Lei 10.442/ 2.000 (Benassi) com relação a duração do estágio remunerado que era de 6 meses a 1 (um) ano, agora passa a ser de no mínimo para 1 (um) ano e o máximo de 2 (dois) anos.
Benassi acredita que esta mudança melhorará o aprendizado dos estudantes com experiência em órgãos públicos e dinamizará os projetos desenvolvidos pela municipalidade.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa



benassi-marca-dagua

Projetos da Unicamp visam a Revitalização da Estação Guanabara

Projetos da Unicamp visam a Revitalização da Estação Guanabara


Revitalizar a Estação Guanabara, uma das principais bandeiras do mandato do vereador Sérgio Benassi (PCdoB) que encontrou como parceiro a Unicamp que demonstrou ter a mesma vontade


O vereador Sérgio Benassi (PCdoB) esteve hoje (31, sexta-feira)  com o professor Marcos Tognon da Unicamp responsável pelos projetos que são implantados na Estação Guanabara.
Benassi propôs uma parceria entre a Universidade, a Prefeitura e o CEPROCAMP para o desenvolvimento de cursos no local.
Atualmente está sendo desenvolvido o Espaço Armazém onde acontecem eventos e reuniões de diversos setores da sociedade e o Projeto Tenda que promove cursos de teatro, dança e circense.
“Temos que reforçar e fortalecer a utilização dos espaços pela Unicamp e forçar proprietário da área, o IPEP (Instituto Paulista de Estudo e Pesquisa), a ir para a mesa de conversação e assumir as responsabilidades”, diz Benassi.
Os projetos serão apresentados oficialmente no dia 10 de setembro (segunda-feira), na planilha de possibilidades apresentadas ao vereador, a Universidade pretende implantar aproximadamente 15 cursos.
A Unicamp luta por verbas para a restauração e melhorias no prédio frontal da Estação Guanabara (rua: Mário Siqueira). O prédio possui 20 salas, num espaço bem distribuído e muito apropriado para o desenvolvimento de cursos e aulas.

 


R.Benini – Assessoria de Imprensa

benassi-marca-dagua

Estação Guanabara recebe laboratório de informática

Estação Guanabara recebe laboratório de informática


Nesta semana o vereador Sérgio Benassi (PCdoB) esteve na Estação Guanabara para a inauguração do laboratório de informática.
O Centro Cultural de Inclusão e Integração Social da Unicamp (CIS) que é responsável pelos projetos sociais que acontecem no ‘barracão’ existente numa pequena área da Estação Guanabara recebeu de uma empresa privada a doação de dez computadores com Lunix e recursos de acessibilidade.
De acordo com a Unicamp todos os projetos e oficinas culturais desenvolvidas naquele espaço são acessíveis aos moradores da região.
A luta do Benassi pela Revitalização da Estação Guanabara é antiga, com esses projetos e com a aquisição da área pelo IPEP (Instituto Paulista de Estudo e Pesquisa) o vereador acredita que os rumos para a preservação daquele local e o fim da violência estão prestes a acontecer. “Estamos apoiando todos os projetos e iniciativas para revitalizar e ocupar a Estação Guanabara e enfim acabar com os problemas de violência e tráfico de drogas naquele local”.
Na sexta-feira (31) Benassi estará reunido com os professores da Unicamp responsáveis pelos projetos sociais com o objetivo de dar apoio as atividades que acontecem na Estação Guanabara.


 


R.Benini – Assessoria de Imprensa